Amor, Esperança, Livros sobre o luto, Luto, Morte, Pedro, Saudade, Sinais, Tristeza

Uma mensagem do meu filho Pedro

Passei mal a noite, um sono angustiado, bastante revoltado e uma sensação de enjoo ao acordar.

Esta semana vai mesmo custar a passar.

Não me consigo desligar!

Levantei-me e fui trabalhar como em outro dia normal e acabei sendo assaltada por uma tristeza tamanha que me deixou frágil e sem reacção.

As saudades que tenho tuas Pedrocas são difíceis de esconder até dos olhares mais distraídos.

Uns abraços e uns beijos trocados comigo por duas queridas colegas, foram o suficiente para me erguer da tristeza que vive no meu coração. Mas uma memória, uma palavra, um gesto, um sorriso… Por mais que vocês creiam que aquela mãe guerreira têm imensa força, nunca se esqueçam que por trás dessa armadura existe a mulher mais frágil de todas.

O meu dia estava muito longe de terminar e eu fui-me deliciando nas páginas do livro do momento, cujo o titulo é «O Destino das almas» de Michael Newton. Quando sou abordada por uma colega minha que me pergunta que livro estou a ler.

Ao responder-lhe, questiona-me de imediato se me sinto bem em lê-lo. Que talvez nem o devesse fazer.

Contrariei-a, justificando que preciso muito entender e saber onde o meu filho se encontra e em que estágio.

Preciso de ler porque me acalma a alma, ajuda-me no meu luto.

Sei que para muitos de vós esta conversa pode parecer confusa e sem nexo, visto que muitos de vós não acreditais que exista algo depois da morte, ou muito menos um mundo paralelo ao nosso.

Pois é!

Eu acredito!

E é esta crença que acalma muitas vezes o meu coração, mantendo-me equilibrada dentro do meu desequilibro de dor.

Fui mais uma vez agraciada e agradeço-o de coração!

Fui abraçada por um anjo na terra e outro no plano celestial.

Sem nomear nomes, porque respeito muito a privacidade de cada um, fui abraçada por uma voz doce que pediu para falar comigo.

(…) Rute, eu ouvi o seu filho, e ele estava querendo que eu falasse contigo.

Ele estava bem. Um sorriso lindo e foi interessante, porque ele parou na minha frente e me disse-me que eu sabia quem era ele.

E quando eu olhei bem para ele, eu me lembrei dele porque até te tinha feito aquela montagem com as asas do anjo.

E quando olhei bem, eu me lembrei de ti e a mensagem que ele me pediu para te dizer foi:

Mensagem do Pedro dia 16 de Maio de 2020

«”Mamã, hoje sei que o caminho era melhor que o resultado.

Mamã, 

Mamã guerreira, 

Minha guerreira, 

Estou ao lado, juntos.

Bonnar sente,

Mamã, estou perto.

Vamos juntos.

Prometo que tudo ficará bem.

Corto o cabelo zero, desta vez.

Ficará bem mamã.

Estou a caminhar.

Estou bem.” »

Toda a mensagem fez sentido para mim, num Português meio arranhado, mas a essência da mensagem está lá e eu sei exactamente qual é. O que o meu filho me quis transmitir.

Sinto-me abençoada, apesar de ter ficado a chorar de saudade mas envolta de uma enorme alegria, porque estou no caminho certo.

O caminho do amor!

Um amor incondicional sob qualquer estado

E eu amo em absoluto os meus filhos.

Gratidão é a palavra certa para o anjo na terra e o anjo no meu coração.

Com uma enorme saudade e um amor interminável,

A mãe do meu filho tem asas.

 

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *