Amor Irmãos Luto Pais Saudade

Um irmão também sente!

Um irmão perde!
Um irmão chora!
Um irmão arranca do peito a agonia que o assola.
Ele vive e relembra com saudade as memórias.
Ele agarra na vontade e vive com intensidade o irmão que foi embora.
Ele não esquece!
Ele coloca na sua missão de vida, alcançar todos os sonhos de outrora, porque sabe.
Sabe que a vida é frágil demais para deixar para outro dia projetos que guarda na sua memória.
Ele não desvanece quando alcança a vitória.
Ele perece mesmo perante toda a saudade que vigora.
Ele dá forças aos seus pais que tanto adora.
Porque ele sabe, o quanto a dor está viva em seus corações.
Um irmão não abandona.
Um irmão fica sozinho na saudade das memórias que guarda bem dentro do peito.
Um irmão torna-se por vezes num filho esquecido perante a agonia de seus pais. Mas mesmo assim, ele apoia seus pais na luta diária que travam entre a terra e o céu.

Com carinho,
A mãe do meu filho tem asas.

– Rute Reis Figuinha –

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *