Esperança Luto Pais

Somos mulheres e homens de ferro!

Somos mulheres e homens de ferro!

Somos mulher e homens vestindo armaduras de fogo e aço.

Somos mulheres e homens que apesar da falta de nossos filhos em nossas vidas, temos que continuar a lutar.

Porque não podemos parar!

Porque não podemos adoecer!

Porque não podemos adormecer!

Porque não podemos nos isolar!

Porque não podemos morrer!

Existe sempre alguém a precisar de nós.

Um filho, uma filha, um esposo, uma esposa, um pai, uma mãe e por vezes até um avô ou uma avó.

Somos obrigados a reagir.

A comida tem que aparecer na mesa.

A casa tem que aparecer arrumada.

A roupa tem que aparecer lavada e engomada.

O nosso emprego precisa ser mantido.

Alguém que está doente e passando por um momento difícil, precisa do nosso apoio e carinho.

Não podemos parar!

Não podemos deixar-nos morrer!

Pelo menos não para já!

Para morrer há tempo.

A hora chegará e tudo terminará num ápice, e outros sofrerão por nós.

Mas até que esse dia chegue, temos que viver, temos que lutar, temos que reerguer das cinzas depois da queda, como uma Fénix!

Com carinho e uma profunda admiração por todos vós que lutam diariamente para se manterem vivos.

A mãe do meu filho tem asas.

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *