Amor Auto-ajuda Gratidão Luto Morte Pedro Saudade Sinais

Só o amor te faz continuar

Só quando nos permitimos ver com o coração e com a dor transformada em saudade, mas uma saudade pura, sem raiva, sem desgosto, sem limitações é que passamos a estar no caminho certo para alcançarmos mais.

Sabem do que falo.

“Sinais”

O nosso processo não é fácil, porque a verdade é que faltam os nossos filhos.
Mas…

O segredo é não deixar acumular a amargura por muito tempo no nosso corpo.

Ele fica doente, bloqueado.

Eu sei que muitos de vós não consegue ver com os mesmos olhos o caminho do luto, como eu o vejo.

Só quando eu decidi abraçar de novo a vida, mesmo não tendo o meu filho aqui em carne e osso, é que os sinais na minha vida se tornaram mais abundantes.

Em tudo o que eu tenho lido, têm-me ensinado a amar sem fronteiras.

Ao acreditar na vida após a vida. Não espero que todos acreditem da mesma forma que eu. Afinal somos todos diferentes, mas se tudo isto que me acompanha dá-me a energia necessária para eu ser quem sou e viver de uma forma mais tranquila, então porque devo eu esconder ou temer?

Não!

O caminho é precisamente o oposto!

Aceitar!

Viver todos os momentos, todos os pensamentos, todos os sentimentos, não tendo medo de chorar quando eu tenho vontade. De gritar quando a pressão do meu peito quer se fazer ouvir.

E rir!

Rir é fundamental!

Eu não me privo de rir. Não actualmente!

Rir faz-me tão bem! Rir liberta.

Hoje é dia 21 de Maio de 2020 e o maldito dia está mesmo aqui, a menos de 72 horas.

Vocês não imaginam a quantidade de vontades que eu já tive para este dia.

Já me imaginei isolada!

Já me imaginei enfiada no mato onde o meu filho tanto gostava de andar.

Já me imaginei na Arrábida, um local que ele amava.

Já me imaginei a dormir fora de casa.

Já me imaginei sozinha na Igreja onde o meu filho foi velado e ficar só eu em modo de meditação.

Já me imaginei a dormir todo o dia, mas sei que isso seria um estado impossível, tendo em conta que o dia 25 vai igualmente ser difícil, porque era o seu aniversário e eu tenho uma promessa para cumprir, um bolo para comprar e velas para soprar.

O meu Pedro faria 20 anos. E o mano Francisco quer que festejemos sempre o nascimento do Pedro.

É mais que certo que não temos respostas para tudo o que nos acontece na vida, seja bom ou mau. Mas havendo vontade em se ser feliz, em voltar apreciar os raios do sol, a brisa do vento, e tudo o que de maravilhoso a vida tem para nos dar, é possível ganhar de novo aquele gostinho especial de amor à vida.

A coragem é a nossa arma mais bem guardada no coração para se conseguir superar todos os altos e baixos da vida.

Eu prometi a mim mesma que deixaria sempre o meu coração falar mais alto, e é isso que eu tenho feito na minha vida e em particular no ultimo ano.

Não vou negar nem muito menos esconder, visto que sempre partilhei aqui nesta página toda a minha evolução na dor.

Houveram momentos em que me sentia em modo de pausa.

Houveram momentos que desejei ter morrido no acidente que tive em 2017.

Houveram momentos que eu desisti de ser feliz.

Mas…

Eu descobri que o segredo está no acreditar que somos capazes de ultrapassar por aquelas adversidades que a vida e a morte nos coloca no caminho.

Eu descobri que mereço ser feliz e que é fundamental eu permanecer fiel a mim mesma e à minha essência natural, aquela que me define.

São estes os meus segredos para alcançar um pouco de serenidade neste caminhar enlutado que quis a vida que eu  tivesse que viver.

O que os mal amados e desprovidos de compaixão chamam de loucura…

Eu chamo de Verdade!

Uma verdade que só pode ser vista com o coração.

Sou grata por todas as mães que se têm cruzado comigo neste capitulo de nossas vidas.

Sou grata por não me deixarem viver sozinha esta amargura.

Sou grata por todo o amor que nos une a uma só voz.

A de mães!

Com carinho,

A mãe do meu filho tem asas

 

 

 

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *