Saudade

Sentimos todos a tua falta.

A tua falta à mesa é sentida por todos cá em casa Filhote.
Ainda não conseguimos comer uma refeição normal todos à mesa.
Hoje por exemplo apenas lanchamos e quase não falamos.
Cada um com um pensamento diferente e igual ao mesmo tempo.
Em tudo o que mexemos o teu nome é pronunciado.
Tenho vontade de fugir!
Tenho vontade de gritar!
Tenho vontade de chorar!
Tem momentos que nem o meu corpo sinto de tanta dormência em que vivo.
Não sei a que dia estou e custa-me pensar nisso.
O Kiko então está perdido, só quer estar junto a mim e eu não tenho forças Pedro Figuinha.
Hoje ainda não ouvi a tua voz desde que partiste…não consigo.
Queria tanto que tudo isto fosse só um pesadelo e que de manhã quando acordasse tu estivesses ali no quarto ao lado a dormir que nem uma pedra.
Olho para a tua roupa e ainda não consigo colocá-la a lavar.
Todos os teus pertences dentro de uma mochila a tua verde. Lembras?
E guardada no meu guarda roupa.
Pedro que falta me faz o teu sorriso,
Os teus “já vou mãe” ou “em que te posso ajudar mãe”.
Sinto falta de chamar o teu nome bem alto enquanto tu ouvias a música com os teus phones.
Sinto falta de te mandar arrumar o quarto.
E ainda só agora começou a jornada de uma longa espera até te rever de novo.
Amo-te meu amor para sempre.💙

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *