Amor Luto Pedro Saudade

Reaprender a tomar o gosto pela vida

Nem sempre me vão ver a rir, nem sempre me vão ver a chorar. Irão sim, existir momentos em que me irão somente ver em pausa.

Em pausa comigo mesma de modo a encontrar equilíbrio para continuar.

Tenho que reaprender a tomar gosto pela vida. Não me interpretem mal. Eu gosto de viver, mas a vida já não me sabe ao mesmo, não tem mais as mesmas cores, nem mais as mesmas formas.

Digamos, que olho para a vida actualmente de uma forma abstracta.

Costumava pensar que a minha vida era como um puzzle, onde todas as peças tinham um lugar, um propósito. Já não penso mais.

O puzzle ficou incompleto e a peça que se perdeu era fundamental.

Não voltará a ser o mesmo desde que partiste meu amor, e é por isso que se torna tão difícil de arranjarmos novas formas de sobrevivermos à tua ausência.

Tu tocaste em tudo o que nos rodeia, tocaste em todos os que nos amam.  Sentimos tanto a tua falta, mas julgo que tu tens noção. Embora tenha sido tua a decisão, deves estar muito triste com a transformação que nos obrigaste a todos a sobreviver diariamente. Hoje escolhi esta foto, uma caminhada por  Monsanto, onde se encontra a tua querida prima Catarina, uma jovem por quem tinhas um amor sincero. A vossa alegria era contagiante sempre que se viam, ou brincavam juntos nas vossas típicas brincadeiras.

Sabes Pedro, o nosso amor por ti era sincero, um amor do mais puro que pode existir. Tenho pena, muita pena mesmo que tudo tenha sido irrelevante para lutares.

Amo-te e amar-te-ei para todo o sempre meu Pedrocas.

Foto de Rute Reis Figuinha

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

2 Comments

  1. Graça Meireles Maggio says:

    Estou num desespero assustador, causado pela partida, por opção, dia 30/05/2019 pelas 10:30, de minha amada e única Filha Tahinara, com apenas 22 anos, estudante de enfermagem, bombeira voluntária, dadora de sangue e plaquetas, modelo, manequim, …
    Meu nome é Graça Meireles Maggio, se me puder adicionar, agradeço.
    Não estou a ver saída, ELA sempre foi minha VIDA.
    Beijinhos
    Obrigada

    1. Rute Reis Figuinha says:

      Olá D. Graça lamento profundamente a sua perda. Por favor fale comigo pelo facebook. Encontro-me por lá sempre que precisar de falar. Já lhe enviei mensagem. Beijinho no seu coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *