Amor Depressão Luto Morte Pais Pedro Saudade Suicídio Tristeza

Quando o teu filho vai à escola de manhã e se mata no decorrer da tarde!

Quando o teu filho vai à escola de manhã e se mata no decorrer da tarde!

A tua vida vira completamente do avesso e tudo em que tu acreditavas desaparece por completo.

Questões, dúvidas, mágoas, recordações, dores, alegrias, sonhos, desejos, tudo surge na tua memória em forma de avalanche e a maldita questão que todos se fazem. As malditas questões que não nos deixa descansar o coração.

O que falhou? Onde errei? Como assim o meu filho caiu? Mas ele estava na escola!

Acidente? Como assim o meu filho jogou-se de um prédio? Qual prédio? É mentira!

Digam-me que é mentira! O meu filho não iria fazer isto!

Alguém lhe fez mal! Mas quem? se o meu filho era amado por tanta gente!

E a tua cabeça não pára! Tu queres fazer desaparecer toda aquela mágoa da tua frente, aquela realidade que tu não aceitas! É duro demais! Duro Demais!

Não eu não quero isto para mim! Eu quero o meu filho aqui vivo ao pé de mim!

Mas tudo não passa de uma ilusão da minha cabeça!

Quem me dera que fosse tudo uma ilusão de muitíssimo mau gosto! Mas não!

É mesmo a realidade imposta cruelmente sem questões, sem avisos!

Aconteceu e aqui estou eu a Morte! Encara-a!

Amanhã dia 24 de Outubro já faz 5 meses.

5 meses que tu partiste, na longa viagem como eu gosto de pensar quando a dor me aperta demais o coração e eu fico sem respirar por uns instantes.

Hoje as saudades apertaram forte! Dei por mim a cheirar a tua roupa e sentia o teu cheiro. 5 meses se passaram e ainda tenho o teu cheiro ao pé de mim.

Tenho imensas saudades tuas meu amor. Fazes-me tanta falta e tu nem imaginas. Não consegues pois não?

Falta apenas um dia para o pai fazer anos e ele tal como eu perdeu a vontade de festeja-los. Costumava brincar contigo e várias eram as vezes que falávamos das coincidências dos vossos dias de aniversário. Os dias 25 eram teus e do pai, e os do David e o do Francisco com os números invertidos, 31 e 13.

Não fazias mesmo a menor ideia de que nos arrastarias a todos contigo naquele salto.

Ninguém morre sozinho meu amor e tu levaste-nos a todos contigo.

Com uma terrível saudade,

A mãe do meu filho tem asas.

Foto de Rute Reis Figuinha

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

3 Comments

  1. Josete Rainho says:

    Boa noite Rute, como eu a compreendo. Há 26 anos a minha mãe pôs termo a vida, e eu grávida de 7 meses em Maio de 1993. Estive e ainda estou sem resposta, do porquê, o que é que eu não fiz que havia de ter feito. Uma vida sem resposta😢
    Tive
    É no dia 27 de Julho nasceu o meu filho Flávio, e passado 11 anos tive a Maria. A 3 Fevereiro 2016 o meu filho, perde a vida num acidente de moto aos 22anos. Porquê, porquê a nós uma dor sem fim😢 passaram a quaz 4 anos e muita tristeza, revolta. Mas temos que ser fortes, porque a minha Maria é os seus outros filhos precisam muito de si. Beijinho grande. Força

  2. Ana Paula Pereira says:

    Infelizmente sei o que é esse sentimento. O meu partiu em Julho de 2017 . Um abraço muito apertado é o que lhe posso enviar. Um xi ♥️

  3. Nicole Dias says:

    Ola Rute, bom dia.
    Sou a Nicole, tenho 39 anos.
    Vi a sua entrevista ao programa do Manuel Goucha, tocou-me a alma e naturalmente vim parar a sua página.
    Sempre me interessei sobre questões da mente … emoções e depressão.
    Não perdi nenhum filho para o suicidio mas sinto uma empatia muito forte por todos os Pais que passam por essa violência pois acompanhei de perto 2 casos na minha família.
    O meu interesse fez me tirar uma especialização em Psicologia do Luto… no entanto é na vida real, nos testemunhos que percebo que quanto mais tenho conhecimento sobre o tema mas ele se torna complexo.
    Quero que saiba que é uma heroína e que vai se aperceber ao longo do tempo que algo superior irá crescer dentro de si. Use como tão bem o faz na sua página.
    O que precisar de mim… estou ao seu dispor.
    Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *