Amor Esperança Gratidão Luto Pedro Saudade

Eu estarei contigo

Acordei 05:30 da manhã com uma sensação maravilhosa.

Estava com o Pedro, onde tocava uma musica que há anos não ouvia.

A única parte que entoou mesmo nos meus ouvidos foi a parte do refrão:

I’ll stand by you. (Eu estarei do seu lado)

I’ll stand by you, won’t let nobody hurt you, (Eu estarei do seu lado, não deixarei ninguém te fazer mal)

I’ll stand by you. (Eu estarei do seu lado).

Abro os olhos e o refrão toca mais uma vez.

Nem me parecia real, estaria eu a sonhar de olhos abertos?

Não sei se consigo explicar de forma que não achem ridículo ou disparatado, mas li no livro da Dra Elisa Medhus “O meu filho está no céu,” onde o Erick seu filho que já morreu, dizia-lhe que sempre que queiramos, desde que tenhamos a mente aberta a tal, podemos falar com a nossa alma e pedir-lhe que visitem pessoas que nós amamos e que já partiram.

Aqui o exemplo era para a Dra Elisa usar com o seu filho enquanto dorme.

Resolvi experimentar!

Se a alma tudo pode, porque não?

E resultou!

Eu estive com o Pedro e ele cantava-me esta canção.

É bom demais, surreal até, mesmo para quem não é céptico.

Mas muito bom mesmo.

Esta é uma partilha que faço convosco para que tentem, sem mágoa no coração, falar com a vossa alma. Pedir-lhe mesmo a vossa intenção e relaxar.

O amor tudo consegue e é mesmo muito importante irmos deixando a tristeza parar de comandar o nosso corpo e a nossa alma. Eu estou triste na mesma, nem consigo deixar de estar, mas algo em mim mudou depois que recebi e li o relatório da autópsia do meu filho. Resolvi abrandar a mágoa e deixar fluir o amor que sinto por ele. E é maravilhoso essa nossa capacidade.

Acredito que sejais tão céptico que nem consigam acreditar nesta minha partilha de hoje, mas não tem problema. Pelo menos não para mim.

Porque eu acabei de vivê-la e isso basta-me.

Obrigada filhote por esta demonstração de amor, por me dizeres através de uma canção que estarás sempre ao meu lado.

Amo-te muito e desejo mesmo de coração que já tenhas encontrado o teu eterno descanso.

Com carinho e saudade,

A mãe do meu filho tem asas.

Foto de Rute Reis Figuinha

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *