Amor Luto Pedro

Estarei sempre aqui para ti!

“Estarei sempre aqui para ti!” Foi o que sempre te disse de coração aberto, repleto do sentimento mais puro que pode existir.

O meu amor por ti!

E agora escrevo para ti. Sim tu que lês este texto e a quem eu prometo guardar a identidade de modo a proteger-te.

Sente o meu abraço! Sente o meu carinho por ti e que mesmo longe de mim consegues sentir o meu calor. Estou contigo! Não te abandono!

O teu telefonema apanhou-me de surpresa, deixando-me impotente com o teu pedido de socorro. Não estás sozinha foi o que te disse, e pedi-te para teres paciência. Tens pessoas muito importantes na tua vida, que te amam e que farão tudo para te ver feliz. Quem deu o alerta da tua tristeza à tua mãe, foi um ser magnifico que te ama acima de qualquer característica que te define. Lembra-te disto! Os teus actos tem consequências que marcarão para sempre os corações de quem te quer bem e deseja ver-te sempre feliz.

Lembras-te do que te falei?

Disse-te que a vida é mesmo assim. com altos e baixos e muitas conquistas e derrotas pela vida fora, mas o segredo é mesmo nunca desistires. Pedi-te para não fazeres à tua mãe o mesmo que o meu filho Pedro me fez a mim e a todos os que o amavam.

A morte de um filho por sua vontade própria jamais pai algum recuperará. Não existe aceitação possível.

Por isso hoje escrevo para ti! És um ser repleto de energia onde a vida só te pede para seres paciente.

Quero que saibas que quando pensares que mais ninguém te compreende, que pegues nesse telefone e ligues para mim. Vou sempre atender uma chamada tua. Sempre!

Peço-te como já te fiz prometer antes, nunca faças nada sem primeiro falares comigo, se não tiveres a força necessária para falares primeiro com a tua mãe. Afasta-te por favor dessas pessoas a quem intitulas como amigos, que te mandam enterrar.

Amigo que é amigo não quer o nosso mal e muito menos a nossa morte. A morte, não faz favores a ninguém, nem a ti mesma. Por favor lembra-te sempre disto.

Quero que saibas que gosto muito de ti, e que não quero que nada de mal te aconteça e enquanto me deixares, vou estar aqui , pessoalmente ou através de um telefonema, mesmo que seja só para te ouvir chorar e transmitir-te força e energia positiva, com toda a potência que me é possível.

Lembra-te por favor da promessa que me fizeste e agarra-te a ela. Se queres honrar a vida do Pedro, honra-o vivendo por ti e por ele.

Com carinho, a tua amiga, mãe de um filho com asas.

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *