Morte Pedro Suicídio

Consegues trazer-me o meu filho de volta?

Diz-me o que posso fazer por ti!

Meu Deus!

Querem mesmo saber?

O que penso quando qualquer pessoa amiga me coloca esta questão? 

O que é que precisas? Outra grande questão que fica muitas vezes sem ser respondida.

Como tens passado estes últimos tempos? Ou, Como estás? Como te sentes?

Questões e mais questões que as pessoas me colocam e a minha resposta é sempre a mesma.

Estou mal! 

Consegues trazer-me o meu filho de volta?

Respostas dadas com perguntas e nada mais. Ou então o tradicional “vou indo” que já se tornou um habito diário em minha vida.

O dia mundial do suicídio está aí a chegar.

Vais continuar indiferente a esta tragédia Mundial?

Partilha, comenta, fala e não deixes que se esqueçam deste dia!

Do dia em que perdeste alguém tão importante na tua vida, como a tua própria.

E faz alguma coisa para mudar a tua vontade ou a vontade de alguém que te é importante.

Com carinho,

A mãe do meu filho tem asas.

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *