Temos que acreditar em algo que nos mantenha vivos perante a morte de um filho.

Temos que acreditar em algo que nos mantenha vivos perante a morte de um filho. Algo que nos dê esperança de que não sofremos em vão, e que tudo tem uma razão para acontecer mesmo que a desconheçamos como seres que somos. Não, não estou aqui a falar em extra-terrestres, nem em coisas bizarras. Falo …