Saudade

A perda de um filho

A perda de um filho é terrível demais, nunca nenhum pai ou mãe está preparado, seja por doença, por acidente ou por vontade própria.
Eu não estava preparada e jamais em tempo algum aceitarei este fim para o meu menino de apenas 18 anos e 364 dias.

Um filho é uma dádiva da vida, é um ser que nasce de ti, que no caso das mães cresce dentro de ti.
Relembro com tanta saudade a tua gravidez Pedro, o momento em que soube que virías para comigo partilhar o amor.
Relembro a cada instante os teus fortes pontapés dentro do meu ventre, ja nessa altura tinhas uma força extraordinaria meu amor.
Pergunto-me hoje, para onde foi essa força?

Queria tanto que me tivesses deixado ajudar em todas aa vezes que te procurei, queria tanto que as tuas respostas tivessem sido de “socorro Mãe” ao invés de “não é nada, ou estou somente cansado”.
Pensei que se trataria somente de um cansaço físico , não de um cansaço psicológico.
Até a médica conseguiste enganar.

Pensei que confiavas em mim o suficiente para me abrires o teu coração. Sei que estive sempre atenta aos teus passos por aqui no plano terrestre.
Quanto ås desilusões meu amor, a vida é feita de Vitórias, derrotas, desilusões, mas também de alegria.

A tua forma de estar na vida era um pouco parecida á minha, “primeiro agimos, depois refletimos sobre”. Está errado amor.
Devemos pensar primeiro antes de…
Analisar cada aspecto.
Muitas vezes te dizia: “Pedro não queiras viver a vida num minuto filhote.”
Mas tu não me ouvistes, tal como é suposto a um jovem.

Quero-te aqui!
Quero beijar-te!
Quero cheirar-te!
Quero ouvir-te!
Quero ver os nossos filmes e séries juntos como fazíamos!
Quero abraçar-te!
Quero tudo a que tinha direito enquanto mãe contigo.
Mas não o consentiste.
Já estavas cansado e ainda só tinhas vivido 18 anos.

Amo-te Pedrocas e amar-te-ei eternamente.
Nunca me esqueças porque a ti jamais o farei.
💙

Rute Reis Figuinha

O meu nome, Mãe.
Sou uma mãe de três filhos em que dois vivem comigo no plano terrestre e o mais velho de apenas 18 anos e 364 dias resolveu ir viver para o plano espiritual o resto da minha vida.
Somos uma família de cinco e seremos para todo o sempre.

You may also like...

2 Comments

  1. Liliana Anselmo says:

    Muito obrigada, Rute Figuinha, pela resposta afirmativa que deu à minha questão sobre publicar algumas postagens com frases suas e assinadas por si na minha página do Facebook, a “Pais e Mães em Luto de Portugal”. Mais uma vez, deixe-me abraçá-la pela sua enorme coragem, psicológica e espiritual, de transmitir força de viver a outras mães. Sempre atenta, Liliana Anselmo.

    1. Rute Reis Figuinha says:

      Sou eu quem agradece a confiança querida mãe Liliana 💙
      Disponha sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *