Reencontra-te e volta a viver!

Somos obrigadas a acordar para uma realidade demasiado cruel e dolorosa. Somos obrigadas a analisar que os problemas dos outros são tão banais que nem se dão conta. Assim como nós também não nos demos em tempos. Esta é a verdade! Mas agora é diferente! Depois que se perde um filho ou uma filha, nada …

É possível sim, tomar conta do comando das nossas vidas, depois da morte de um filho.

É possível sim, tomar conta do comando das nossas vidas, depois da morte de um filho. Mas somente quando compreendermos que estamos verdadeiramente dispostos a fazê-lo. De nada adianta serem os outros a dizerem-to. A vontade tem de partir de nós. É importante recuperarmos o controlo dos nossos sentimentos e dos nossos pensamentos. Sim exactamente …

Se tiverem que viver o vosso dia-a-dia em “banho-maria”. Vivam!

Quando me dizem que o meu Pedro agora nos protege, ou que todos os nossos que fizeram a grande viagem, cuidam de nós e nunca nos deixam, e influenciam o nosso destino. Eu pergunto! Onde estavam, quando o meu filho precisava de força e saúde (clareza) mental? Onde estavam que não me avisaram que o …

Como ajudar um enlutado por suicídio?

Eu digo-lhe! Hoje tive uma colega de trabalho que me permitiu falar do meu Pedro. Digo, permitiu, porque nem todas as pessoas têm a capacidade para falar sobre a morte de um filho, ou muito menos de ouvirem com atenção tudo o que é proferido vindo directamente do nosso coração. A conversa começou pela Clarividência, …

O luto 365 dias por ano

Sinto que deveria ter escrito este texto antes de entrarmos no período do Natal e festividades de entrada num novo ano, contudo não vou tarde para o escrever, tendo em conta que mais Natais e entradas de novos anos virão e nós estaremos cá para os viver. Esta altura. do ano é particularmente difícil e …

Último dia do pior ano da minha vida até hoje

Sei que quase todas as familias se encontram com os preparativos de última hora. Sei que muitas destas familias apesar de faltar alguém na mesa pelas vississitudes da vida em que a morte não venceu, se encontram a lutar por não faltarem aos seus filhos pelas ausências de um pai ou de uma mãe. Contudo …